A pandemia da Covid-19 criou grandes desafios em todas as áreas, entre elas a gestão de resíduos. Máscaras e luvas usadas para a proteção, quando descartadas, terão um destino certo: os oceanos. É o que aponta uma pequena matéria da BBC com dados da ONG Ocean Conservancy
Segundo a instituição, o mundo vem descartando 129 bilhões de máscaras e 65 bilhões de luvas plásticas todos os meses no meio ambiente. Se não bastassem os problemas causados pelos uso de materiais feitos de plástico – com ilhas sendo formadas nos oceanos – essa pandemia colocará ainda mais resíduos nos mares.

“A luva ou a máscara que você tira e casualmente descarta, porque acredita ser importante para a sua segurança, pode ser facilmente a luva ou a máscara que mata uma baleia”, explica Doug Cress, vice-presidente de Conservação da ONG Ocean Conservancy em entrevista à BBC.

É irônico pensar que uma das possibilidades para o surgimento desse vírus é justamente a ação destrutiva do homem na natureza. Na luta pela vida, talvez o resultado seja um prejuízo ainda maior para o Meio Ambiente, ecossistemas e para a própria Humanidade.

“Devemos entender que um simples ato de indiferença ou autoproteção pode ter um efeito tremendamente deletério na outra ponta”, acrescenta.

É muito claro que o problema não é a pandemia e torcemos para que consigamos salvar o máximo de vidas. É importante cobrarmos dos líderes mundiais enfrentamento ao Coronavírus, porém colocando mais do lixo no meio ambiente.