Inspirado por Jacques Cousteau, o biólogo e fotógrafo especializado em vida marinha, Laurent Ballesta, foi até o atol do Pacífico Fakarava para estudar o comportamento de caça dos grandes tubarões de recife durante quatro anos. Para a tarefa, reuniu equipamento de ponta e uma equipe internacional de especialistas.

Toda essa experiência resultou no documentário ‘700 Sharks’, um documentário que mostra a aventura de Ballesta para entender o comportamento dos peixes daquela região. E não é por acaso: são 700 tubarões disputando garoupas, numa ravina na qual a quarta tentativa é sempre bem sucedida.  Esse cardume é mais eficiente, por exemplo, do que uma matilha de lobos. Então, qual é o segredo?

As imagens inéditas acompanham o comportamento dos animais (caçadores e presas) numa festa noturna numa fenda de corais.  O documentário será apresentado no fim do mês, durante o Ocean Film Tour, um festival de cinema sobre vida marinha, aventura e proteção,  que percorrerá a Europa e Estados Unidos.

Veja o trailer de ‘700 Sharks’: