Os vertebrados mais velhos do mundo são os tubarões da Groenlândia. A descoberta foi feita por cientistas por meio de datação por radiocarbono de 28 desses animais, com isso conseguiram determinar que uma fêmea morta tinha 400 anos.

Além da idade, os pesquisadores descobriram que eles crescem apenas 1 cm por ano, chegando a maturidade sexual aos 150 anos. A pesquisa está publicada na revista Science, uma das mais importantes na área no mundo.

Sabíamos que estávamos lidando com um animal incomum, mas acho que todos na equipe ficaram muito surpresos de saber que são tão velhos“, afirma Julius Nielsen, biólogo marinho na Universidade de Copenhague.

Até então, o vertebrado que detinha o recorde de longevidade era uma baleia-da-Groenlândia (Balaena Yysticetus) com idade estimada de 211 anos. Se compararmos com o animal mais velho entre os invertebrados descoberto até agora, o molusco de 507 anos chamado Ming, que teria vivido de 1499 a 2006.

Esses ‘idosos’ nada lentamente pelas águas frias e profundas do Atlântico Norte, podendo chegar aos 5m de comprimento. Antes da Segunda Guerra, eles foram pescados em excesso e o seu fígado deles era como óleo de máquinas até o desenvolvimento de uma alternativa sintética reduzir a demanda pelo animal.

Com informações da BBC.