Que estes animais estão sendo pescados ao extermínio, com mais da metade de suas espécies com populações reduzidas a menos de 10% do seu numero natural, vocês que nos seguem e leem já devem saber. Que a Divers for Sharks luta contra este extermínio e em prol da vida dos tubarões e saúde dos oceanos também já deves saber.

Porém poucos realmente sabem que os tubarões vem sendo tirados do mar pelos barcos pesqueiros, cortam suas nadadeiras, popularmente chamadas de barbatanas, e o corpo então é jogado de volta ao mar, muitas vezes ainda vivos, antes de morrerem de hemorragia.

São as barbatanas que ficam nos barcos e são vendidas ilegalmente, traficadas, dos pescadores para os intermediários locais, destes para grande centros de distribuição e destes para o mercado de Hong Kong, o grande distribuidor para os consumidores. E esta matança pelas barbatanas acontecem no Brasil, não se enganem não! Basta ver no vídeo abaixo uma das pequenas apreensões (pequenas porque houve apreensões de centenas de toneladas de barbatanas)

Pois é, este crime é um tráfico, e se a Asia e Hong Kong são os Consumidores, nosso Brasil é um dos Traficantes. E dos grandes.

Se ainda não entendes o que acontece com as barbatanas, saiba que elas chegam a custar nos mercados de HK mais de US$ 100,00 por quilo, podendo chegar até mais de US$ 500 dependendo da espécie e condições.

E afinal, para que esta porra de barbatana afinal de contas… assista o vídeo do cheff de cozinha oriental abaixo, fazendo a sopa e explicando os motivos:

Viram só?! É um diabo de soba de frango, SOPA DE FRANGO, já pronta que eles pegam e adicionam os fiapos de barbatana…. gosto, sabor, cheiro, cor e tudo são de sopa de frango. Os fiapos de barbatana não tem elemento nutricional nenhum. Não pense em cartilagem de tubarão por cálcio, pois elas são deixadas de lado antes do preparo. A única coisa que estes fiapos fazem é engrossar a sopa, dando uma gelatinada nela…. Ora pois, farinha ou algas marinhas também fariam isso, com custo irrisório e sem impactar o meio ambiente.

Mas…. justamente este seria o ponto contra: sem custos, e o que os caras querem nestes momentos, casamentos, 15 anos, jantares de negócios e tal, é ostentar, pratos caros, impressionar os outros, assim como os franceses com seu caviar e champagne…

E assim os tubarões seguem sendo pescados por causa de suas barbatanas, numa escala de mais de 150 milhões, isso mesmo 150.000.000 por ano.

Não gostou? Junte-se a nós agora: www.d4s.eco.br Precisamos de você para continuar a lutar contra isso!

Pinguim Paulo Guilherme Alves Cavalcanti
Co fundador Divers for Sharks
CEO Centro de Estudos do Mar Onda Azul